Buscar
  • Arena do Trade

Como investir e ter sucesso na verba do trade marketing?

Atualizado: 26 de Abr de 2019

Dicas de como investir o dinheiro da sua empresa para alcançar o sucesso da gestão do Trade Marketing.



A pergunta é sempre a mesma: “Qual deve ser o meu investimento para #Trade #Marketing e como devo fazê-lo? ”


Uma pergunta comum, mas que sem sempre temos uma resposta pronta, um parâmetro de despesas e uma clareza maior sobre a verba destinada e o seu papel dentro das organizações.


Há um tempo atrás, a verba destinada ao trade marketing era concentrado, na maioria dos casos, nas grandes redes comerciais, uma vez que elas estavam sempre em evidencia junto ao varejo, enquanto as pequenas e médias redes não eram tão exploradas e nem estavam muito em evidencia no mercado, fazendo com que não fossem tão procuradas, tornando alto os investimentos no #PDV das grandes redes.


Esse quadro, no entanto, começou a sofrer mudanças devido as necessidades dos pequenos mercados e, até mesmo, do novo perfil do consumidor final. Iniciou-se aí a procura por novos engajamentos comerciais para trabalhar esses campos mais necessitados e tão pouco explorado, mas que vem atraindo um novo público e aumentando a demanda dos produtos consumidos e, até mesmo, em sua base de relacionamento.


Para organizar todos esses dados é importante que se tenha uma dinâmica muito ágil de informações, e sabemos que o método manual demanda muito tempo, seus resultados nem sempre são favoráveis e 100% assertivos, além de acabar gerando atrasos na aprovação de ações, as quais deveriam ser resolvidas de imediato, causando transtorno e desconforto para toda a empresa.


MAS QUAL A MELHOR FORMA DE ALTERAR ESSA ESTRATÉGIA?


A AUTOMATIZAÇÃO DE INFORMAÇÕES É A MELHOR SAÍDA PARA ADMINISTRAR A GESTÃO DO TRADE MARKETING.

Com essa tecnologia, o profissional de trade poderá controlar, por exemplo, fatores como a assiduidade dos profissionais de campo, por meio da tecnologia móvel de geolocalização, roteirização dos colaboradores, suporte ativo junto a equipe de campo, indicadores de plataforma, informações de revenda, controle de brides e materiais de suporte, controle e aprovação de fotos, indicadores de performance das ações promocionais, entre outros benefícios obtidos través dessa tecnologia mobile.


Com isso, todos saem ganhando – #indústria, equipe de #merchandising ou vendas, já que trabalham com mais qualidade de tempo e assertividade.



COMO DEFINIR A VERBA PARA O TRADE MARKETING?


A partir do momento em que temos a disposição informações precisas devido ao uso da automação #mobile, teremos em mãos todos os dados necessários para que se possa sentir o mercado e, à partir disso, poder entender quais atividades de trade mais se enquadram no perfil de suas categorias. No momento em que essas informações vão sendo analisadas, começa-se a perceber as melhores estratégias para os demais segmentos. Com isso, é preciso definir qual verba será designada para #trademarketing e estabelecer qual percentual a empresa irá destinar ao projeto.


Normalmente essa divisão é feita da seguinte forma: 15% da verba é destinado para despesas comerciais, sendo distribuído para comercial, merchandising, marketing, contratos e afins, fazendo com que o trade trave uma grande luta para conseguir um maior #budget dentro desses investimentos.


Recomenda-se começar de forma parcial, apenas com alguns investimentos, fazendo impressões de materiais gráficos, produções de cartazes e produtos promocionais. Com o tempo, ganhando mercado e confiança, poderá assumir outras gestões como merchandising e, também, validador dos investimentos de vendas.


Diante deste cenário, entendemos que não existe um limite para essa estrutura. As necessidades vão surgindo com o passar do tempo, e é exatamente aí que entra os benefícios da automação de dados: informações precisas na palma da mão, permitindo visualizar uma foto ou fazer simulação de #ROI, dentre outras informações inerentes de um acordo promocional. No momento que o #workflow é submetido para aprovação dentro da indústria, o responsável consegue, na mesma hora, aprovar o acordo eletronicamente, analisando se o resultado é compatível para que se possa investir no cliente.


Como podemos verificar, uma informação que demoraria quase um mês para ser avaliada, poder ser definida em 01 ou 02 dias.


O que a empresa ganha com isso? Ela ganha mais acordos comerciais, ganho de tempo, agilidade, dinheiro e alcance de importantes segmentos do varejo para a categoria desejada.


Gostou das dicas? Siga nossa página e fica ligado em tudo o que rola na nossa Arena do Trade, sempre com novidades e conteúdos interessantes, que podem ajudar você e sua empresa em diversas tomadas de decisões sobre o que acontece no mundo do Trade!


8 visualizações

Receba nossas notificações

© 2019 Copyright https://www.arenadotrade.com – Blog com conteúdo voltado para gestão de Trade Marketing e Merchandising